3 Fire

Projetos e instalações de sistemas de combate à incêndios

Sistemassistemas de combate à incêndios

Água Nebulizada

A água nebulizada (water spray) é um sistema para controle e extinção de fogo. Utiliza a água fracionada devido a um bico de média ou alta velocidade, pressurizados por um conjunto moto-bomba que propicia o arrefecimento do fogo, a deslocação do oxigênio por parte do vapor gerado e a atenuação do calor radiante. Comumente é usado em parques de tanques de armazenamento de líquidos combustíveis e inflamáveis, transformadores de energia, área com produtos perigosos, etc.

Chuveiros Automáticos

O chuveiro automático (sprinkler) é composto de uma "armadura" e um elemento termo sensível . O bico do sprinkler é rosqueado a uma canalização pressurizada e permanece fechado pela tampa do elemento termo sensível. No interior desse elemento contem um líquido que se expande conforme a temperatura, o que o faz romper, destravando o sistema e inundando o local. O chuveiro automático (sprinkler) é o sistema mais eficaz na extinção do incêndio pois não depende da ação humana. Comumente é utilizado em shopping centers, hotéis, depósitos e edificações com grandes áreas cobertas.

Espuma

Um sistema de espuma (LGE) é composto de uma rede pressurizada onde a água é misturada ao composto LGE (Líquido Gerador de Espuma) e descarregada sobre a superfície do líquido inflamável, evitando a geração de vapores e quebrando assim o chamado "triangulo do fogo", atuando sobre o líquido inflamável por abafamento. A dosagem do LGE pode se dar através de Proporcionadores de Linha (PL), Sistemas de Pressão Balanceada por Tanque Diafragma ou Bomba, Sistema Hidráulico de Proporcionamento (Fire Dos) ou até mesmo por esguichos proporcionadores. Comumente é utilizado em bacias de contenção, tanques de combustíveis, hangares de aeronaves, aeroportos, plataformas de petróleo, indústrias químicas, etc.

Detecção e Alarme de Incêndio

O Sistema de Detecção de Alarme de incêndio é composto de uma Central de Alarme e Detecção, detectores (fumaça, temperatura, gases, etc.), acionadores manuais (botoeiras), sinalizadores e sirenes. A central de alarme é responsável por coletar as informações dos detectores e acionadores e ativar os sinalizadores e alarmes, avisando através de um sinal sonoro a todos os ocupantes da edificação de um possível sinistro.

Hidrantes

O Sistema de hidrantes é composto por redes de tubulações pressurizadas por um conjunto de moto-bombas, onde os pontos de acionamento são distribuídos conforme o projeto, levando-se em consideração os principais riscos e o caminhamento mais econômico. Nos pontos de expedição fica locado um abrigo com mangueiras, esguichos e chaves de mangueira para rápida e fácil operação manual. Um ramal é ligado até o passeio público onde fica caracterizado o recalque (exclusivo para o Corpo de Bombeiros)

responsive

especializada em projetos

e Sistemas de Combate à Incêndios 

(16) 3524 8131